O rio Douro tem a sua foz no mais belos dos distritos de Portugal, o Porto. Famoso mundialmente pelos seus vinhos, a região que falarei também é uma ótima opção para um passeio em família. O rio divide dois conselhos – o do Porto e de Vila Nova de Gaia.

Estou no Porto há um ano e adoro sair para explorar em família. E quando digo família, isso incluiu um bebê  de 4 meses e uma linda menina de 6 anos. Portugal permite que façamos esses passeios juntos sem gastar muito, pois utilizamos o transporte público (autocarro e metro) que tem acesso muito fácil para quem precisa se locomover com carrinho de bebê, como é o meu caso.

Nossa aventura do dia foi passear pela margem de Vila Nova de Gaia do rio Douro. Começamos pelo autocarro que nos levaria até  a estação mais próxima de metro. Para utilizar o transporte publico no Porto, pode-se adquirir o cartão Andante e nele  você pode colocar a quantidade de passagens que deseja. É bem mais barato que pegar diretamente no autocarro. A estação que fomos pegar o metro foi a estação do Hospital Sao Joao pois de lá pegaríamos  o metro que nos levaria direto à Vila Nova de Gaia. Ao passar pela estação de São Bento preparem-se se para tirar o telemóvel ou câmera  fotográfica da bolsa pois terá  umas das vistas mais lindas que é a passagem por cima do Douro na ponte Dom Luiz I. Ao finalizar essa travessia você  já se encontra em Gaia.

Descemos na primeira paragem pois queríamos fazer o passeio de teleférico. Como disse antes, aqui e tudo muito acessível então sim, entramos com um carrinho de bebê  nele. A descida de teleférico nos custou ,os 3 (o baby nao paga) , por volta de 12 euros. Continue preparado para tirar fotos e filmar pois durante a descida você  passa pelas casas de vinhos, pelo cartão postal mais famoso do Porto que são as casas antigas no alto da margem do rio, além da bela vista da ponte Dom Luiz I. O dia estava agradável, um friozinho de outono, haviam pessoas andando de Jet Ski no rio, passeios de barcos e nós fomos para levar a nossa princesa na roda gigante. Quem utiliza o teleférico ganha um cupom para provar vinhos de casas menos conhecidas, então fica a dica.

Como saímos tarde de casa, aproveitamos para almoçar por ali mesmo. Comer bem em Portugal também é super em conta. Pode encontrar ementas (menus) por 6 euros, com café e bebida. Para quem quer se sentir cidadão do mundo há um mercado charmosinho com banheiros com trocadores de fraldas. Dentro desse mercado português será  a língua menos falada com tanta gente de outros países da Europa e Ásia.

Decidimos voltar para casa passando pela parte baixa da ponte Dom Luiz e caminhar pela margem do Porto do Douro. Caso tenha disposição, o que já não tínhamos mais, depois que passar pelas famosas casas antigas da margem do Douro há uma subida que dá direto na Avenida Aliados e de lá poderá pegar o autocarro de número 500 que tem 2 andares e faz um belo passeio pela margem do Douro e passará pela foz onde vera o encontro do Rio com o Mar e a belíssima freguesia costeira de Matosinhos, mas isso é um passeio para outro dia.

me despeço com imagens desse dia gostoso e convidando a todos a conhecer o belíssimo norte de Portugal.

Continuação de uma ótima viagem a todos.

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *